Sacando dinheiro em Buenos Aires

Resultado de imagem para sacando dinheiro em buenos aires

Fonte: Aguiar Buenos Aires

Assim como foi dito no post Sacando dinheiro no Uruguai, é preciso, antes de viajar, desbloquear o teu cartão no banco. Quando tu for fazer isso, aproveita e tira todas as tuas dúvidas. Pergunta em que rede tu poderá sacar com o teu cartão de crédito/débito, qual a quantia limite de saque por dia, pergunte até quanto de taxa vão te cobrar por saque. Siiim, há uma taxa. Ela ou é cobrada pelo uso de caixa automático em outro país, ou pelo saque de moeda estrangeira, ou pelo uso de caixa automático que não é do banco ao qual o teu cartão pertence. A quantia não é tão alta, mas pode acabar se tornando se tu sacar dinheiro o tempo todo. Quando sacar dinheiro, saque uma quantia para passar alguns dias. Os cartões mais aceitos são Visa, Mastercard e American Express.

Na Argentina, existem duas redes que aceitam cartões brasileiros: a Link e a Banelco. Sempre existirá no lado de fora dos bancos uma placa dizendo qual dessas redes eles têm lá dentro. O atendente do meu banco me avisou, antes de eu viajar, que eu deveria ir nos bancos que tivessem a etiqueta da Banelco. O meu cartão é Visa, minha conta é do Banco do Brasil. Eu fui em dois bancos antes de conseguir, finalmente, sacar. Mesmo com a placa da Banelco, eu não conseguia sacar de jeito nenhum. No terceiro banco, tentei uma vez, não deu. Já me desesperando, tentei pela segunda vez e fiquei ryca. Então, não desista na primeira vez. Se precisar de ajuda, chame alguém. Abaixo, clique nos logos para saber onde existem ATM’s (cajeros automaticos em espanhol) dessas redes pela Argentina. Indique a tua direção, rua, avenida ou bairro e aparecerá uma lista de caixas automáticos perto de onde tu está.

Resultado de imagem para banelcoResultado de imagem para red link argentina

Como as redes internacionais mais aceitas são Visa e Mastercard, deixo também os links para acharem ATM`S onde podem sacar com o cartão de vocês. É só clicar na imagem!

Resultado de imagem para visaImagem relacionada

Tá, e como saca na rede Banelco?

Vou falar só dela porque foi a que eu fui. O caixa automático que fui ficava em um banco perto da Plaza de Mayo. Os caixas da Banelco são bem fáceis de usar e é tudo em espanhol, mas não te apavora. Funciona mais ou menos assim, e digo mais ou menos porque peguei essa explicação do site da Banelco, mas como nossos cartões não são de lá, me lembro que o caixa mostra a opção de sacar o dinheiro em pesos ou em dólares e, no final, assim como no Uruguai, avisa que vai cobrar uma taxa. Prefira sacar em pesos.

1) Coloca o cartão no caixa. Ele vai engoli-lo, mas não se apavore que nem eu. O cartão ficará lá dentro enquanto a transação não terminar.
2) Seu cartão será lido e tu terá que digitar a tua senha de 6 dígitos. Aperta “Confirma”.
3) Como tu irá sacar, vai ver que há duas opções de “extraccion”. Não aperte “Extraccion Rapida”, aperte na outra opção. Se tu for pela rápida, é possível que acabe sacando dinheiro tanto da conta corrente, quanto do crédito do cartão. Ao escolher o outro tipo de extraccion, tu poderá escolher de onde quer tirar o dinheiro, da sua conta corrente ou do seu limite de crédito. Depois de escolhida a forma de extraccion, tu deve decidir se saca o dinheiro em dólares ou em pesos. Prefira pesos. Daí, tu vai digitar a quantia que tu quer sacar, ela deve ser múltipla de $10. Em seguida, clica em “Confirma”. Se errar o valor, clica em “Modifica”. Se não rolar de sacar essa quantia, o caixa vai te dar opções, mas, obviamente, tu não precisa segui-las. E, sim, acredite, tu terá que fazer de cabeça a conversão do quanto quer sacar.
4) Ao confirmar o saque e o pagamento de uma taxa (ela é cobrada devido a tu estar fazendo um saque em caixa eletrônico da rede Banelco e pelo governo brasileiro ter passado a cobrar 6% de IOF por saque no exterior), tu pega de volta o teu cartão, pega teu dinheiro e o comprovante e sai lindo(a), ryco(a) e saltitante com seus pesos argentinos. Não na mão, né? Por favor, tenha cuidado ao sair do banco.
E, por favor, vou repetir, não esquece de desbloquear o cartão antes de sair do Brasil.

Ainda tem dúvida? Comente!

Ajudou? Clique em “Gostei” ali embaixo e Comente!

Gostou do blog? Comente também e curta

O Mundo fora do Aquário no Facebook!

43 comentários sobre “Sacando dinheiro em Buenos Aires

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Então, Jorge, sei que não conjugar “corretamente”, na escrita, os verbos que se seguem ao “tu” pode incomodar algumas pessoas, mas, às vezes, por aqui ser um ambiente virtual mais descontraído, eu preferia, de propósito, a informalidade do “tu + verbo-não-conjugado” como forma de criar uma familiaridade, de estabelecer uma espécie de “conversa entre amigos” com quem lia o blog, mas existem outros posts (mais recentes) em que passei a optar pelo plural e me dirijo a “vocês”. 🙂 Melhor né?
      E que bom que a dica te ajudou. Quando tu for (ou fores) para Buenos Aires, espero que tua viagem seja ótima. 😉

      1. Dennys Ferreira

        Tem sempre um estúpido para criticar né? rs, daora o post. Minha conta tb é BB e cartão visa. EU fui na opção “Habilitar cartão uso no exterior” é daqueles marrons escrito “internacional” e apareceu “habilitado com sucesso” quando escolhi a data limite. Vou conseguir usar debito/sacar de boa né? a senha é a de 6 digitos q uso no debito ou só os 4 primeiros numeros dessa senha de 6?? ai meu Deus.

        1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

          ahahha.. Pois é, críticas acontecem. 🙂

          Então, tu habilitou no caixa eletrônico, certo? Se deu que a operação foi um sucesso, então, sim, é para ti conseguir usar débito, crédito e sacar tranquilo durante a viagem. Se tu preferir, vai até tua agência e confere se habilitou mesmo. Na última vez que eu viajei, habilitei no caixa eletrônico, nem conferi na agência e deu tudo certo. A senha é a mesma que tu usa para débito, a de 6 dígitos, e tem que digitar todos os dígitos, não só os 4 primeiros. 😉 Calma o coração aí, segura na minha mão, que vai dar tuuudo certo!! Abraço

  1. Ana

    Muito boa dica! Pretendo ir mês que vem e estava aqui quebrando a cabeça achando que seria difícil encontrar cx eletrônico por lá. Meu banco tb é BB…então nao posso deixar de perguntar: No final as taxas foram exorbitantes ou foi tranquilo?? Na hora de colocar o valor que desejo sacar, tenho que colocar o valor em real ou peso?? Obrigada!

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Oi, Ana! Que bom que a dica ajudou. 🙂
      Então, a primeira vez que eu fui, as taxas não foram tão exorbitantes não, até porque o governo brasileiro ainda nem tinha aumentado a taxa do IOF para saques no exterior para 6%, mesmo percentual pra quem usa o cartão de crédito. Em 6 dias por lá, que eu lembre, só saquei 1 vez. Voltei a Buenos Aires agora em janeiro com essa lei já valendo, fiquei 4 dias e só saquei dinheiro uma vez também, assim não gastei muito em taxa. O negócio é fazer o mínimo de saques possível.
      Sobre o valor expresso na hora do saque, tu vai colocar ele em pesos mesmo, então te prepara pra fazer a conversão de cabeça… ahahha 😛
      Espero ter ajudado. Abraço

  2. Ana

    Hahahaha..vou tentar ja calcular antes de sair do hostel, pra usar o celular e ficar mais trankila!! Só mais 2 coisas: a taxa de IOF é sobre o valor da compra ou saque, ou é pelo,tipo de transação?
    Sei q lugar nenhum no mundo é trankilo, mas lá dá pra levar celular pra rua numa boa…sair a noite..sem ficar tão grilado com assaltos como aqui no Brasil ( no meu caso, no RJ) ou é o mesmo ( ou maior) o ritmo? Super obrigada pelas dicas!! 😉 Bjs

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Pelo que eu entendo dessas coisas (não muito.. ahahah), a taxa do IOF é pelo tipo de operação feita, mas tem outras coisas envolvidas que tornam um tipo de operação mais vantajosa que outra mesmo elas tendo a mesma porcentagem de cobrança do IOF. Por exemplo, tu pode gastar 200 pesos no débito ou no crédito, a porcentagem da taxa do IOF será a mesma (6,38%), mas o crédito pode não ser vantajoso porque a cotação da moeda estrangeira (no caso, o peso uruguaio) para pagamento da fatura é calculada só no dia do fechamento da conta e não na data da compra, então, usar o cartão de crédito é só em último caso. No saque, é a mesma coisa. Outra coisa, além da taxa do IOF, tem a taxa do teu banco também, então é bom pesar tudo e escolher a melhor opção.
      Quanto a carregar celular, tudo bem sair com ele, tem que ter o mesmo cuidado que temos no Brasil, às vezes até um pouco mais por sermos turistas. Melhor não andar com celular no bolso da calça, é bom cuidar da tua bolsa enquanto estiver andando na rua, não colocar a bolsa pendurada no encosto das cadeiras de restaurantes/lanchonetes, essas coisas. Sair à noite com o celular, só se for muito necessário. Eu nunca levei. Levava só dinheiro e identidade. Mas são só cuidados. Só porque a gente está de férias, não quer dizer que a galera dos furtos está também né. 😛

      1. Ana

        Ok! Entendi! Vou ligar pro banco pra saber exatamente o valor das taxas. Brigadão! Ahhh..gostaria de mais dicas sobre onde comprar mais barato, comer legsl,etc…pode me add no face?? Se tiver algum post aqui sobre isso, blz tb!! Bjs

          1. Ana

            Aff..tô arrasada, não poderei mais viajar agora 😞. Trabalhar nem sempre é legal,rs..mas vou tentar ir em Fev. Obrigada pela ajuda. Em breve espero te pertubar de novo,rs. Bjs

          2. ellentsqueiroz Autor da Postagem

            Que pena, Ana, mas não desiste não que uma hora dá. 😉 E pode me chamar quando precisar que eu to aqui pra ajudar. hhaha.. Não é perturbação não. bjbj

  3. Daniele

    Olá, gostaria de saber se você teve problemas com relação ao saque na função crédito, pois a minha intenção é sacar diretamente da conta corrente (sem usar crédito).
    Minha conta é do banco do Brasil e desbloquiei a função para saque e para crédito também..
    foi assim que você fez?
    As taxas que pagou pelo saque foram muito altas??
    Obrigada

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Oi, Daniele!

      Então, eu não tive problema no crédito porque não saquei pelo crédito e também não liberei essa função pra ser usada no exterior. Só tinha o saque direto da conta corrente liberado. Minhas primas tiveram problemas na nossa última viagem porque sacaram da conta corrente e o Banco do Brasil acabou tirando do crédito também. Está dando uns problemas nesse sentido com várias pessoas, então é bom conversar com teu banco antes de ir e até bloquear a função crédito caso seja necessário. Sobre as taxas de saque, elas não são tão altas, mas tu acaba perdendo dinheiro demais caso faça muitos saques, então aconselho a evitar isso. Tenta sacar uma vez uma quantia que dê para um número considerável de dias. Certo? Qualquer outra dúvida, só mandar. 😉

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Olá! Valeu pela informação, Edson. Sempre bom estar por dentro dessas taxas. Quase 14 reais por saque não é bom, mas também não é ruim, né. O negócio é limitar a quantidade de saques porque senão… 😉

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Oi, Lili. Eu não usei cartão como débito. Sacava e pagava tudo em dinheiro mesmo. Mas, sim, paga-se IOF utilizando o cartão como débito. Não há como fugir. 🙁 O governo tá colocando a faca mesmo pra impedir que o pessoal gaste reais fora do país e não dentro.

  4. elaine

    Muito importante essas dicas,pois as vezes o atendentes do bb no Brasil não são bem seguros qto essas informações , foi de grande valia essas dicas.Obrigada

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Elaine, só vi hoje tu msg, muitos dias depois, mas gosto de responder. Que bom que as dicas ajudaram. Às vezes, os atendentes do BB não conseguem nos ajudar muito, então, nada como ir lá e ver por nós mesmos né.

  5. lcprofessor@hotmail.com

    também me apavorei a primeira vez que fui a Buenos Aires e a máquina engoliu o cartão, kkkkk, mas agora fim de ano 2014/2015 pretendo ir até Ushuaia e preciso saber todos os lugares que possuem caixa Banelco, gostei muito de tu ter colocado o link onde se pode ter todos os endereços…

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Né? Não tô acostumada com os caixas engolindo meu cartão não.. ahaha.. Que bom que o post te ajudou, por isso mesmo coloquei os links, para facilitar a vida dos viajantes. Só nós sabemos o quanto é chata essa parte de cartão de crédito, saque, banco e tal… Abraço e boa viagem!!

  6. Isaac

    Qual seria a vantagem de sacar peso ao inves do dolar? Porque o dolar não rende mais para converter depois para peso?

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      lá, Isaac!

      Então, ótimo tu perguntar isso porque, na época que eu fui pela primeira vez (fev/2013), a diferença entre o câmbio oficial e o câmbio negro não era enorme. Hoje em dia, a inflação na Argentina já está muito maior e a diferença entre os dois câmbios também. Dessa forma, antes eu sugeri que sacassem em pesos porque a diferença na cotação (que era a do câmbio oficial) não era tão grande e porque corria-se o risco de perder dinheiro convertendo-o tantas vezes. E tem mais a questão da comodidade de sacar diretamente na moeda do país que tu está. Em alguns países, isso ainda, muitas vezes, é mais vantajoso, como no Uruguai, por exemplo. Na Argentina, agora, eu já diria para sacar em dólares, mas não vale nem mais a pena sacar dinheiro, visto que a cotação é muito menor que a do câmbio negro e o governo brasileiro passou a cobrar taxas de 6% por saque no exterior. Portanto, na conjuntura atual, vai da decisão de cada um sacar dinheiro na Argentina, ou levar na mão (em reais ou dólares) e trocar no câmbio não-oficial. Para quem preferir sacar, tem que estar consciente das taxas que serão cobradas e da diferença significativa entre a cotação oficial e a não-oficial, ou seja, vai perder dinheiro, portanto tem que tentar fazer o mínimo de saques possível. Para quem levar dinheiro, tem que cuidar com quem e onde vai trocar, tem que estar consciente de que pode acabar recebendo, na troca, dinheiro falso, por isso, é melhor que, se for cambiar no mercado negro, que se informe de lugares e pessoas confiáveis. A coisa está tão feia por lá, que praticamente todo mundo está trocando reais e dólares, até taxistas.
      Espero ter esclarecido a sua dúvida. Agradeço as perguntas e, assim que puder, vou aproveitar para complementar esse post com essas informações.
      Abraço!!

  7. Yoshie

    Olá! Estou hoje em b aires! Para clientes do Banco do Brasil fui ao Banco Patagonia Brasil (av leandro Alem,1064) para resolver qq assunto fora o saque. Para os clientes Itaú precisa ir na agencia Itaú Brasil (santa fé,1162) se quiser atendimento p qq assunto .. Os atendentes dessas agencias falam portugues e se comunicam c agencia Brasil p resolver qq assunto.

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Bá, que ótimo saber disso, Yoshie!! Mil obrigadas por deixar essa baita contribuição aqui no blog. Vai ajudar muita gente. Disfruta Buenos Aires!! Abç!!

  8. Daniely

    Olá, li aqui vários posts e vou optar por fazer saques debitados da conta corrente do bb. Sendo assim, o ideal é fazer o mínimo de saques possíveis, certo? Sabe me dizer qual o valor máximo por saque em peso? Grata! =)

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Olá!
      Sim, o ideal é sacar o quanto vai precisar nos dias que vai ficar na cidade, assim não fica pagando taxas toda hora e perdendo dinheiro. O valor máximo de saque deve ser perguntado no seu banco ou, exercitando a paciência, acho que dá para saber ligando para aquele número atrás do seu cartão, mas, que eu me lembre, o valor é alto, mais de 1000 reais, então não tem muito com o que se preocupar. Ah, também sugiro levar uma reserva em dinheiro caso um caixa eletrônico decida não funcionar bem quando tu mais precisar. Experiência própria. ahhaha..
      Abraço! Boa viagem!!

  9. marian

    Oi Pessoal! tenho uma conta corrente no banco do brasil e um cartao de debito Visa electron. Eu habilite ele antes de sair do Brasil, mas agora tou intentando fazer compras na funcao de debito mas nao esta dando certo. Ninguem sabe como me ajudar e estou sem dinheiro fora do Brasil! O atendimento no telefone e terrível!!!! Tenho muita raiva.

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Oi, Marian! O atendimento é precário mesmo. Só para conseguir ligar pra eles já é muito difícil. Mas o que está dando errado? A habilitação foi correta ou não? Qualquer coisa, tenta sacar dinheiro mesmo. É a senha de 6 dígitos que tu tem que usar, tanto para saque quanto para compra no débito. Não sei o que pode ser porque eu tenho o mesmo cartão que o teu, do mesmo banco e sempre deu tudo certo. Espero que tu consiga resolver. Aproveita a viagem! Abraço.

  10. arthuragro07

    Hoje a taxa por saque do banco Patagônia (para clientes do BB) está 79 pesos, fora os 6,38% de IOF do valor pago ao Banco do Brasil. Consegui sacar 2000 pesos num caixa hoje (a mulher havia me dito que o limite era 1500).

  11. Luisa

    Estou com o mesmo problema! Hoje fui tentar sacar primeiro em dois bancos ué tinham a rede Link e não consegui. Depois fui em um banelco e também não consegui! Amanhã de manhã vou tentar de novo, se não conseguir vou na agência da plaza san martin ver se resolvo. Achei super esquisito isso porque eu habilitei para uso no exterior e consegui usar o cartão de crédito normal aqui, só para saques que não está dando certo! O problema é que eu tenho mais uma semana em buenos Aires é apenas 2000 pesos! Te odeio, banco do Brasil!

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Oi, Luisa.
      Pois é, é muito ruim essa situação. Mas vê se não está fazendo algo errado na hora de sacar. O meu erro era que eu estava fazendo o saque rápido ao invés do saque detalhado, que te pergunta de onde tu quer tirar dinheiro (do crédito ou da conta corrente). Depois avisa se conseguiu. 😉

  12. rafa

    estou com problemas. meu cartao ta habilitado pra uso no exterior porem nao passa em nenhuma maquininha. tentei sacar em varios caixas eletrônicos e nada. amanha vou tentar num caixa com bandeira banelco. muito obrigado pelas informacoes. estava desesperado ^^

    1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

      Oi, Rafa. Então, acontece mesmo. O banco tem que avisar em quais redes você pode sacar, senão pode dar isso de ficar tentando e não conseguir. Eu tenho um visa do BB e me disseram para sacar onde tivesse a placa da Banelco, então segui. Nas vezes que não consegui sacar, foi porque fui pelo caminho mais rápido e, como não tinha a função crédito habilitada, não conseguia. Vá pelo caminho mais longo, daí o caixa eletrônico vai pedir mais informações. Boa sorte!

      1. William

        Olá, estou tentando sacar dinheiro aqui em Buenos Aires, porém não estou conseguindo, já estou um pouco desesperado. Liguei no meu banco antes de viajar e habilitei o cartão para uso no exterior. Porém quando tento fazer o saque, diz o seguinte: operação não autorizada pelo órgão emissor. Se você souber de algo que possa ajudar, ficarei muito agradecido!

        1. ellentsqueiroz Autor da Postagem

          Oi, William! Conseguiu resolver? Não sei o que pode ser feito. Pode ser um problema no seu banco mesmo. Ou pode tentar ir diminuindo a quantia a ser sacada. Talvez isso funcione. Eu nunca consigo sacar o que eu sei que posso aí na Argentina. Sorte!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *