O inverno de La Paloma

16Ao chegarmos em Rocha, na costa uruguaia, tomamos outro ônibus até La Paloma, que leva cerca de 30 minutos para chegar e é bem barato. A cidade, localizada a 240 km de Montevideo, foi fundada em 1874 e conta com cerca de 5.500 habitantes permanentes, chegando a 30.000 pessoas no verão, quando recebe uma multidão de turistas em busca de tranqüilidade e surf. Recebeu esse nome porque, antigamente, por causa da quantidade de pedras e ondas, de longe, os navegantes a enxergavam em formato de pomba, “paloma” em espanhol. No inverno, a cidade fica super tranqüila, a maioria dos estabelecimentos fecha e, muitas vezes, se pode ter a praia só para você, se não tiver nenhum surfista. As principais praias são La Aguada, Costa Azul, La Balconada, El Cabito e Anaconda.

No Hostel Arazá, onde trabalhamos nos 4 dias que ficamos na cidade e que contamos a experiência AQUI, conhecemos a Ana, a Lili e a Betina, com quem, no primeiro dia, fizemos uma noite de meninas, regada a muita pizza, vinho e filmes. No dia seguinte, trabalhamos e, no fim de tarde, fomos ver o por do sol na Playa La Balconada, muito bonita por sinal e cheia de pedras.

5

No nosso terceiro dia, Nacho, dono do hostel, nos convidou para fazer uma aula de surf de graça. A Ellen preferiu ficar na areia filmando e tirando fotos de tudo, e a Cassy foi testar suas habilidades no mar. Foi um dia de inverno na praia La Aguada, outra muito bonita, e foi muito divertido, tanto fazer a aula como assisti-la.

67 11

No último dia, depois de carregar muita lenha e almoçar, finalmente ficamos livres para conhecer mais da cidade. Caminhamos até o farol, que, para a nossa decepção, estava fechado, e depois caminhamos até duas praias e para o centro. 14.1 18

Pela manhã, nos despedimos de todos e seguimos, novamente de ônibus, para Rocha e, de lá, sentido a San Carlos, descendo na estrada antes de chegar à cidade. Aí, pedimos carona pela primeira vez desde que entramos no Uruguai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *